26.8 C
Teresina
terça-feira, julho 23, 2024
spot_img

Inscrições abertas de concursos para secretarias da Administração, Planejamento e PiauíPrev

Date:

spot_img

O Governo do Piauí publicou, no Diário Oficial do Estado, edição do dia 3 de junho, os editais de concursos públicos para o preenchimento de 110 vagas e cadastro de reserva para a Secretaria da Administração (Sead), Secretaria de Planejamento (Seplan) e Fundação Piauí Previdência (PiauíPrev). A remuneração inicial é de R$ 11.549,35. O concurso será realizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC).

Para a Sead, as vagas são para o cargo de analista governamental, com 20 vagas para a especialidade em gestão pública, que exige formação superior em qualquer área; 10 vagas para especialidade infraestrutura, sendo dessas, 2 vagas para formação superior em arquitetura, 5 vagas são para engenharia civil, 1 vaga para engenharia de agrimensura, 2 vagas para engenharia elétrica; e 15 vagas para a especialidade tecnologia da informação, que exige formação em ciências da computação ou áreas afins.

Para a Seplan também são 45 vagas para o cargo de analista governamental, sendo 25 vagas para a especialidade planejamento e orçamento, que exige formação superior em qualquer área; e vagas para especialidade infraestrutura, sendo 1 vaga para a formação superior em arquitetura, 5 vagas para engenharia civil, 1 vaga para engenharia de agrimensura, 3 vagas para engenharia elétrica e 10 vagas para especialidade tecnologia da informação, que exige formação em ciências da computação ou áreas afins.

Todos os cargos terão também cadastro de reserva. O concurso terá reserva de vagas para pessoas negras e com deficiência, dependendo da quantidade de vaga em cada cargo.

O concurso de cargo de analista governamental terá prova objetiva, estudo de caso, prova de títulos e um curso de formação, que é eliminatório.

Para a Fundação Piauí Previdência (PiauíPrev) são 20 vagas imediatas, além da formação de cadastro reserva para o cargo de analista previdenciário. O processo seletivo inclui prova objetiva e discursiva, seguida pela avaliação de títulos.

As vagas para o cargo de analista previdenciário são destinadas a candidatos com nível superior em qualquer especialidade. O cargo requer diploma de curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação. Das vagas disponíveis, duas são destinadas a pessoas com deficiência e cinco a candidatos negros.

O concurso, regulamentado pela lei nº 8151, de 20 de setembro de 2023, oferece uma carreira com ganho inicial de R$ 11.549,35. Esta é uma oportunidade única para profissionais qualificados que desejam contribuir com a gestão previdenciária do Estado.

Provas

A primeira fase dos concursos está agendada para o dia 8 de setembro. As provas objetivas e discursivas serão realizadas em Teresina, durante dois turnos. No período da manhã, para os cargos do quadro da Secretaria da Administração e PiauíPrev. No período da tarde, para os cargos do quadro da Secretaria do Planejamento do Estado do Piauí.

Inscrições

As inscrições começam em 7 de junho e vão até 4 de julho, exclusivamente por meio do site da Fundação Carlos Chagas, com a taxa de inscrição no valor de R$ 180. Será permitida a inscrição para mais de um cargo, desde que não coincidam os horários da prova.

O prazo de validade do concurso será de um ano, sendo prorrogável uma vez, por igual período, a critério da administração.

Clique aqui e confira o edital.

spot_img

Mais Notícias