30.8 C
Teresina
segunda-feira, junho 24, 2024
spot_img

Wellington Dias avisa que formação de chapa só em 2022

Date:

spot_img

Com uma base ampla de partidos, o governador Wellington Dias (PT-PI) tem sido alvo de cobranças para que acelere os entendimentos quanto aos caminhos que deverão ser trilhados nas eleições de 2022. Uma das principais preocupações giram em torno da composição das chapas proporcionais que se tornaram um dos principais ‘problemas’ para as siglas com o fim das coligações.

Wellington recomendou paciência, haja vista, a indefinição quanto as regras eleitorais que realmente valerão no ano que vem. Isso, inclusive, é a principal alegação do chefe do Palácio de Karnak para não ter amiudado as conversas e deliberado sobre as estratégias que possivelmente deverão ser seguidas em 2022.

“Quem organiza [a composição das chapas] são os partidos. Pessoalmente quero tratar da formação de chapa só em 2022, que é o ano da eleição. Mas, nessa fase é comum que os partidos já tenham os primeiros entendimentos”, declarou o governador.

“Estamos todos no Brasil inteiro aguardando quais serão as regras da eleição. Vamos ter distritão? Vamos ter as regras atuais? Sei que tem a ansiedade, já fui muitas vezes candidato. Enquanto isso não acontecer, qualquer passo que for dado corre o risco de você organizar de um jeito e lá na frente ter que refazer tudo e aí causa muito problema\”, acrescentou Dias.

Insatisfações

Partidos como MDB e PL deverão dialogar com o chefe do executivo piauiense nos próximos dias e a pauta do encontro será justamente a demora nesta orientação do governador aos partidos aliados, sobretudo, no tocante a composição dos times proporcionais.

Outro ponto que na visão da base já deveria ter sido discutido é justamente uma espécie de ‘oficialização interna’ do nome do secretário da Fazenda Rafael Fonteles (PT) como candidato da base para o Governo do Estado.

Com informações do GP1

spot_img

Mais Notícias