Bolsonaro admite erro, mas agora fala em apurar “supernotificação” de mortes por Covid

0

Em interação com apoiadores nesta terça-feira (8/6), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) admitiu ter se equivocado ao divulgar que o número de mortes por Covid-19 em 2020 seria 50% menor do que o registrado. Adiantou, porém, que o governo federal deve fazer investigação própria sobre a suposta supernotificação de óbitos.

Na segunda-feira (7/6), o mandatário da República afirmou que o Tribunal de Contas da União (TCU) teria relatório questionando a quantidade de óbitos pelo coronavírus em 2020. Segundo Bolsonaro, o documento apontava que as mortes foram cerca de metade do número registrado.

No mesmo dia, a Corte rebateu a informação: “O TCU esclarece que não há informações em relatórios do tribunal que apontem que ‘em torno de 50% dos óbitos por Covid no ano passado não foram por Covid’, conforme afirmação do presidente Jair Bolsonaro divulgada hoje”.

Nesta terça-feira, o presidente admitiu equívoco, mas falou que um acórdão do TCU vislumbrava a possibilidade de uma prática não desejável de supertificação de mortes por Covid.

FONTE: METRÓPOLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui