26.8 C
Teresina
segunda-feira, junho 24, 2024
spot_img

Famílias em extrema pobreza receberão auxílio de R$ 200 no Piauí; saiba como

Date:

spot_img

O Governo do Piauí lançou nessa segunda-feira (12) o programa \’Cartão Pró-Social\’. A ação está sendo coordenada pela vice-governadora Regina Sousa e parceria entre Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SASC) e Agência Piauí Fomento.

\"\"
Famílias em extrema pobreza receberão auxílio de R$ 200 no Piauí; saiba como (Foto: divulgação)

Por meio do cartão, serão pagos R$ 200 por mês a famílias que estão em pobreza extrema, com renda per capita de até R$ 89 e também para famílias em situação de pobreza com renda per capita acima de R$ 89 até 178.

O Programa Pró-social abrange as famílias invisíveis. “Estão cadastradas no sistema, mas não recebem nada. O governo estadual está fazendo cruzamento de dados com o Instituto Nacional de Previdência Social e buscas e estudo para que esse cartão seja destinado a quem realmente precisa e estejam vulneráveis”, informou a vice-governadora Regina Sousa. “Não tem nada a ver com auxílio emergencial. É um cartão que tem como objetivo incluir as pessoas nos programas sociais federais a que têm direito. Enquanto elas não são incluídas, serão mantidas no Estado. A previsão inicial é de seis meses, mas pode ser prorrogado, caso o beneficiário não esteja incluído em programa federal. É um programa que terá continuidade, mas sempre com outras famílias”, acrescentou.

O programa alcança todo o Estado e junto com Prefeituras municipais, agentes de saúde está fazendo a Busca Ativa para encontrar essas pessoas que estão invisíveis sem nenhuma renda e cobertura social.

O Cartão Social é um dos instrumentos do Programa Pró-social que tem outras ações como poços, cisternas, agricultura familiar, microcrédito. No último dia 8 de março, foi instituído um crédito só para mulheres. “Há um trabalho muito importante realizado dentro do Pró-social”, afirmou Regina Sousa. Por meio do Pró-social, comunidades já foram beneficiadas com poço e o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Piauí (Emater) vai entrar em ação com a formação e qualificação de moradores dessas comunidades para o plantio e cultivo da terra.

spot_img

Mais Notícias